Home / Porciúncula / Defesa Civil / CHUVAS AUMENTAM E ASSUSTAM AUTORIDADES E POPULAÇÃO
Beco do Areião

CHUVAS AUMENTAM E ASSUSTAM AUTORIDADES E POPULAÇÃO

 

Clique para acompanhar em tempo real.

 

As comunidades de Bate-Pau e Dona Emília, na zona rural de Porciúncula, foram acordadas no susto na madrugada desta sexta-feira (09/03). A chuva forte, possivelmente uma tromba d’água que caiu por duas horas ininterruptas ocupou vias, pastos, várzeas , ruas e casas das localidades.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Defesa Civil, as comunidades de Bate-Pau e Dona Emília receberam em apenas 3 horas um grande volume de chuva. A chuva forte atingiu as comunidades de 2 às 5 horas da madrugada e causou grande impacto. Desde as primeiras horas da manhã, toda a equipe da Secretaria, sob a coordenação do superintendente de Defesa Civil, Edimaldo Ferreira, trabalha na limpeza de vias e presta auxílio aos moradores afetados. A Secretaria Municipal de Promoção Social também já está em alerta para oferecer toda a assistência necessária à população atingida.

ALERTA MÁXIMO
O rio Carangola, que banha a cidade, está despertando a atenção máxima das autoridades e população. No monitoramento feito na quinta-feira (08/03) às 16 horas, pela CPRM – Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais CPRM, o nível do rio Carangola estava em 2,58m. Hoje, sexta-feira, o nível já estava em 4,58m, às 8h45min. No momento, o rio Carangola está no nível de 4,70m, a apenas meio metro do transbordo.

Algumas casas já foram desocupadas na Rua Prefeito Sebastião Rodrigues França, na área conhecida como Beco do Areião. Os moradores foram levados para o Centro de Comercialização localizado no Parque de Exposições e estão recebendo o apoio da administração municipal. Os bairros conhecidos como Ilha e Operário já se encontram em estado de alerta máximo.

Máquinas e equipes da administração municipal estão na estrada que liga Bate-Pau a Antônio Prado/MG, retirando deslocamentos de terra e acabam de realizar um procedimento para conter o deslocamento de água de dois açudes que poderiam causar grande estrago nas comunidades rurais próximas. Segundo Edimaldo Ferreira, no momento, os açudes não apresentam riscos.

A previsão do tempo para o final de semana é de chuvas, havendo grande possibilidade de alagamentos, queda de barreira em encostas e enchentes.

A administração municipal está preparada para a situação de emergência. Todas as secretarias estão de sobreaviso, caminhões estão disponíveis para transporte de mudanças, locais preparados para receber a população desalojada e a equipe do Corpo de Bombeiros de Natividade já foi acionada para prestar atendimento ao município, assim como a Defesa Civil do Estado.

A população de Porciúncula, apesar da proximidade do rio Carangola e possibilidade de cheias, não se acostuma com as enchentes e sofre a cada estação de chuvas. A cidade teve uma trégua de 9 anos após a enchente de 2009. Agora, as águas voltam a assustar.

Clique para acompanhar em tempo real.

 

Rosimere Ferreira
Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Porciúncula.

Veja Também

Porciunculense lança livro “A Aventura de Y”

“A Aventura de Y”, um livro do escritor porciunculense Piaza Merigue que vai prender você. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *