Home / Destaques / Cafés de Porciúncula e Varre-Sai disputam prêmio Maravilhas Gastronômicas do RJ

Cafés de Porciúncula e Varre-Sai disputam prêmio Maravilhas Gastronômicas do RJ

A segunda edição do prêmio Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro (Maravilhas RJ) apresenta este ano, em dez categorias, sabores e saberes que estão intimamente ligadas à formação econômica, social e cultural do Estado do Rio de janeiro: Da Água, Cachaças, Cafés, Cervejas, Conservas e Patê, Doces e Compotas, Laticínios, Mel, Queijos e Da Terra.

O Maravilhas RJ é idealizado pelo jornalista Chico Júnior, escritor, pesquisador da gastronomia brasileira e autor dos livros Roteiros do Sabor Brasileiro e Roteiros do Sabor do Estado do Rio de Janeiro.

Até o momento, dois cafés, de Varre-Sai e Porciúncula, representam a região noroeste na disputa, cujas inscrições para os novos foram prorrogadas para 1° de agosto de 2014.

Até a próxima sexta-feira podem se inscrever produtos e alimentos cultivados no território fluminense que estejam de acordo com os critérios do prêmio. Após esta etapa, o time de colaboradores/ especialistas e a comissão organizadora irão avaliar as inscrições para validar a participação como finalistas nas categorias específicas. A votação popular pelo site começa no dia 11 de agosto. Saiba mais acessandowww.projetomaravilhas.com.br

Os participantes da região:

Café Iranita

Local: Porciúncula

Em 1993, Olympio Matheus voltou a sua terra natal, Purilândia, no Distrito de Porciúncula, onde comprou uma propriedade e deu o nome de Iranita. O Irany, de seu pai; e o Nita, de sua mãe. Plantou uma extensa área com café arábica. Mas em 2005, Olympio faleceu e sua viúva, Clenair, deixou a administração da fazenda nas mãos de sua filha e genro, Ana Regina e Suhail. A partir de 2006, o casal investiu na qualidade para embalar o produto. Nascia então o Café Iranita 100% Arábica. A produção é colhida todo no pano, o café é lavado, despolpado e seco em terreiro de pedra. Hoje a propriedade conta com uma estrutura para a produção de um café de excelente qualidade. O Café Iranita é encontrado em várias lojas e cafeterias no Estado do Rio de Janeiro.

Café Vargas

Local: Varre-Sai

A Fazenda Ribeira produz o Café Vargas com grãos 100% arábica. De propriedade da família Vargas, há mais de 20 anos a fazenda se especializa na produção de cafés especiais. A fazenda conta também com uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), destinada à pesquisa e preservação da Mata Atlântica. Desde 2001, o senhor Geraldo Vargas e os filhos começaram a investir em estrutura e maquinários para investir na qualidade da bebida. Foi em 2009 que estrearam no ramo de torrefação com a entrada do Café Vargas. O produto é comercializado em cafeterias e lojas especializadas do Rio de Janeiro.

Veja Também

MPRJ cumpre mandados de busca e apreensão em presídio de Itaperuna

Operação investiga indícios de corrupção de agentes penitenciários que trabalham na unidade.   O Ministério ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *