Home / Destaques / ‘Relíquias da Copa’: último episódio, dos astros de 50, é o mais emocionante

‘Relíquias da Copa’: último episódio, dos astros de 50, é o mais emocionante

friaçaO sétimo e último episódio da série ‘Relíquias da Copa’, exibido semanalmente no Tá na Área, está previsto para ir ao ar nesta terça-feira, no SporTV, a partir das 18h, com a expectativa de ser o mais emocionante de todos. As preciosidades da vez são de astros da Copa do Mundo de 1950. Por trás dos objetos de valor guardados com carinho ao longo de décadas pelas famílias de Jair Rosa Pinto, Chico e Friaça ainda há o ressentimento das marcas indeléveis da derrota na final para o Uruguai. O repórter Eudes Júnior visitou todas elas, incluindo viagem a Porciúncula, interior do Estado do Rio, onde vivem parentes e amigos de Friaça, para mostrar as memórias de uma época e sobretudo o legado sentimental que o ‘Maracanazo’ deixou.

A reportagem destaca que o gol de Friaça contra os uruguaios naquela malfadada decisão detém um recorde que provavelmente jamais será batido: é o mais comemorado da história do futebol dentro de um estádio. Afinal lá estavam 200 mil brasileiros. Ao passo que os dois gols uruguaios promoveram um silêncio sepulcral no maior do mundo.
Francisco, filho de Chico, não segurou a emoção ao lembrar que o que pai dizia que o que ele mais queria na vida era que pudesse ter outra oportunidade de enfrentar o Uruguai e reescrever aquela história da final de 50.

Nos episódios anteriores – que podem ser encontrados no site do SporTV – foram exibidas relíquias de Bellini, capitão do primeiro título mundial do Brasil; Jairo dos Santos (espião dos adversários da Seleção em 8 Copas); Paulo Gini (o maior colecionador de camisas do País); do ex-árbitro Arnaldo Cézar Coelho (que apitou a final da Copa de 82); Alexandre Gurgel (um colecionador de peças de futebol, morador de Natal-RN); e Didi (bicampeão mundial em 58 e 62 e técnico da seleção peruana na Copa de 70).

Sobre as fotos:
1) – O casaco azul da Copa de 50 pertenceu a Friaça. Está emoldurado num quadro na na loja do filho, em Porciúncula.casaco friaça
2) Francisco, ao lado da família, relembra as histórias de Chico, em depoimento emocionante.
3) A neta Mariana Zaeb, ao lado de sua avó, dona Célia, viúva de Jair Rosa Pinto, posa com um casaco da época.

VEJA O VÍDEO AQUI

Veja Também

MPRJ cumpre mandados de busca e apreensão em presídio de Itaperuna

Operação investiga indícios de corrupção de agentes penitenciários que trabalham na unidade.   O Ministério ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *