Home / Destaques / Megaoperação contra esquema de venda de vagas em faculdades particulares é realizada em MG e Rio de Janeiro

Megaoperação contra esquema de venda de vagas em faculdades particulares é realizada em MG e Rio de Janeiro

Uma megaoperação contra esquema de venda de vagas em faculdades particulares de medicina é realizada em Minas Gerais, nesta terça-feira (3). A ação, intitulada de “Hemostase”, é feita pela PC (Polícia Civil) e resultado de oito meses de trabalho na cidade de Caratinga, no Vale do Aço.

Segundo as investigações, a quadrilha movimentava milhões de reais.

Pelos menos 21 integantes do grupo criminoso já foram presas e outros 32 mandados de busca e apreensão são cumpridos em Caratinga e Ipatinga, no Vale do Aço, assim como em Juiz de Fora, na Zona da Mata, Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, entre outras. Uma pessoa que deveria ser presa em Belo Horizonte não foi localizada na capital mineira, mas detida em Governador Valadares. Outros mandados são cumpridos no Rio de Janeiro.

Conforme o superintendente de Investigações e Polícia Judiciária da PC, Jeferson Botelho, os presos na operação poderão responder por crimes como associação criminosa, fraude de certames de interesse público, estelionato, falsificação de documentos públicos e de documentos particulares, falsidade ideológica, falsa identidade e lavagem de dinheiro.

O balanço da operação será divulgado durante coletiva de imprensa na tarde desta terça, em Caratinga.

A ação foi batizada de “Hemostase” em alusão ao procedimento médico para conter hemorragias.

Ao todo, 180 policiais civis mineiros estão espalhados por 17 cidades mineiras e cariocas, incluindo as duas capitais e Itaperuna. Um helicóptero e 38 viaturas compõem o aparato policial.

 

FONTE:  RÁDIO ITAPERUNA AM

Veja Também

Ação do INEA e PM prende seis suspeitos de garimpo ilegal de ouro na zona rural de Porciúncula

Pelo menos seis garimpeiros de diversas partes do país foram presos em flagrante na tarde ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *